NOTÍCIAS
NOTÍCIAS
Governance Challenges in Portugal
Responsável pela intervenção da Troika há 10 anos apresenta paper sobre desafios da economia portuguesa na próxima semana
Antigo Economista Chefe do FMI e Prof da LSE School, Poul Thomsen esteve exatamente em Portugal há 10 anos na senda do resgate pela Troika como consequência do colapso económico do pais. Uma década depois Thomsen vem no próximo dia 10 de Dezembro à Culturgest a convite do Think Tank PSO Global no âmbito da bi anual edição do Forum Financeiro Outllok (3ª edição) onde irá expor através de um paper uma retrospectiva económica dos últimos 10 anos e os desafios que se colocam.

O paper integra as géneses do seu futuro livro sobre o Impacto da Governance na Eurozone área. “Portugal tem vindo a ter um desempenho significativamente melhor do que outros países do hemisfério sul da europa como espanha ou itália na utilização dos recursos de recuperação economica concedidos pelas instituições de apoio para reduzir a sua dívida. “Apesar de desconhecermos o impacto do cenário Pós-Covid, tem sido notável observar a utilização de recursos como a bazuca sendo que Portugal enfrenta desafios consideráveis pela frente tais como a reforma laboral no contexto do mercado de capitais”

O mesmo responsável adverte que a nível europeu destacam-se ainda discrepâncias significativas entre o norte e sul da europa deixando o alerta de que o BCE por força de definir “targets” 

Inscreva-se em Conferências/Portugal/Governance
Openbankig um óbvio imperativo para bancos e utilizadores ?
 
Uma visão global analisada num primeiro painel por quadros financeiros, fintechs, professores e regulador sobre o impacto do Open Banking na sua estratégia, e operacionalidade de vida dos utilizadores e quais são os bancos que estão a desafiar a vanguarda tecnológica deste desafio cada vez mais impactante no limiar do pós covid!

It e Directores de Cloud irão marcar o 2 workshop que será caracterizado pela análise do Cloud e Não Cloud. Partilha de experiências dos Diretores de IT  tais como Carlos Moura Diretor de IT do Banco de Portugal  , Nuno Gama Diretor de IT do Banco CTT, Manuel Domingues CIO do Novo Banco e André Mestre da Microsoft.

O evento terá a abertura pela Drª. Tereza Cavaco, Directora de Departamento de Sistemas de Pagamentos do Banco de Portugal e de um representante do Ministério da Economia a ser designado.

Sexta-feira dia 19 de Novembro na Fintech House - Hybrid event. Caso tenha interesse em participar pode se registar em https:\\
psoglobal.com or geral@pso.pt /91 3106182 for lunch registration post event.
EVENTO BANKTECH-FINTECH

Após três meses de confinamento parecia difícil voltar a realizar uma conferência.Ainda que em moldes diferentes dos que estamos habituados o objetivo foi alcançado.
No dia 2 de Julho, neobanks, bancos tradicionais, software providers, académicos e gurus financeiros encontraram-se, virtual e presencialmente no auditório da Fintech House, para discutir o futuro da banca numa era pós Covid-19.

 
A conferência arrancou às três da tarde com a intervenção do Keynote speaker Pablo Soler da IE University, que nos falava desde Itália. Pablo Soler frisou a necessidade de  os bancos inovarem e que este deve ser um processo de raiz, isto é, afastado da estrutura tradicional. Tendo sempre em mente os interesses dos clientes e lealdade para com estes.

Seguiu-se Germain Bahri da Fidor, com uma breve introdução acerca de um novo e mais leve modelo de negócio, o modelo de plataformas e como este pode ser aplicado ao setor da banca. Germain Bahri juntou-se ao primeiro painel do dia feito totalmente online. Contou ainda com a presença de Bruno Macedo Fintech Evangelist da FiveDegrees, Sarunas Legeckas General Manager da N26 e como moderador o Cofundador da Portugal Fintech, Simão Cruz. Trocaram-se ideais sobre o futuro das fintechs e neobanks e debateu-se se no futuro possível uma colaboração destas entidades com os bancos tradicionais.

O segundo painel foi já em modelo presencial no auditório da Fintech House. Ao moderador André Mestre, juntou-se João Teles Sales Executive da Finastra Portugal, Simão Cruz (moderador no primeiro painel) e António Simões Pinheiro, Diretor do Banco Português de Gestão.

A fechar a conferência tivemos uma intervenção final do Professor Sérgio Rebelo da Kellogg School of Management. Melhor do que ler é mesmo ver, convidamo-lo a ir assistir à conferência.
ARTIGO DE OPINIÃO

Paulo Soares de Oliveira sobre a possibilidade de um novo modelo bancário pós Covid-19 no Jornal SOL. 
Veja aqui. 
PORTUGAL, FROM HERE TO WHERE? - 2019

Brett King, CEO e fundador da aplicação móvel de prestação de serviços financeiros "
Moven", autor de best-sellers como Bank 4.0 - Banking Everywhere, Never at the Bank, editado em agosto de 2018, e speaker de relevância mundial, será Keynote Speaker da segunda edição do Fórum Financeiro Outlook, que terá lugar em Lisboa, no dia 24 de maio de 2019.

A sua visão inovadora do sistema financeiro e, nomeadamente, dos serviços bancários da era digital, abre portas para a transformação da banca tradicional de balcão num serviço mais personalizado. Este será mais próximo dos clientes, tirando partido da tecnologia que já faz parte do dia-a-dia deles.

CONFERÊNCIA LITERACIA FINANCEIRA E SUPERVISÃO BANCÁRIA

A PSO – Knowledge & Communication organiza na cidade da Praia, na próxima sexta-feira, dia 8 de fevereiro, uma conferência sobre literacia financeira e supervisão bancária no atual contexto de integração e transformação digital.

A organização refere, em comunicado, que a conferência servirá para discutir os principais desafios que se colocam a Cabo Verde, nesta nova fase, tendo em conta que “nem o sistema financeiro nem a população cabo-verdiana podem assistir, indiferentes, às transformações que têm surgido”.

O evento contará com dois painéis compostos por representantes das mais importantes instituições financeiras de Cabo Verde, que irão colocar em perspetiva as novas normativas mundiais de supervisão face à realidade cabo-verdiana.

A nota refere que a sessão terá em cima da mesa as transformações digitais que têm acontecido em todo o mundo e que proporcionam um conjunto de oportunidades particularmente “para os países como Cabo Verde, cuja insularidade incentiva a adoção dos meios digitais”.

A temática da educação financeira será analisada na conferência, tendo em conta que esta  “tem o papel de esclarecer o modo de funcionamento do sistema bancário e as oportunidades que este oferece e a supervisão garante o seu bom funcionamento”.

A conferência conta com o apoio do Ministério das Finanças e da Escola de Negócios e Governação da Universidade de Cabo Verde e com o patrocínio da consultora PwC, Banco Interatlântico e Banco Comercial do Atlântico. Ao vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças de Cabo Verde, Olavo Correia, estará entregue a abertura do encontro.

Prevê-se ainda a participação de líderes e quadros empresariais do sector financeiro de Cabo Verde, um leque de especialistas a nível mundial em supervisão bancária e literacia Financeira, como Pedro Machado, diretor de Serviços Jurídicos do Banco de Portugal, e Pedro Duarte Neves, presidente do Comité para a Proteção dos Consumidores e Inovação Financeira da Autoridade Bancária Europeia, bem como de alunos das áreas da economia e gestão empresarial.

© PSO - Serviços de Consultoria, Lda. - Direitos Reservados.